Para lidar com as tempestades violentas, ‘a gente precisa entender o que é a agenda de adaptação’

André Trigueiro repercute mais um dia de temporal no Rio de Janeiro. Só ontem, a cidade registrou mais de 40 ocorrências e 36 bolsões de d’água. Trigueiro aponta que a prioridade das gestões governamentais deve ser políticas de prevenção. ‘O prefeito precisa ter uma parte do Orçamento para limpeza de bueiro, boca de lobo, galeria de água pluvial, ter uma coleta de lixo regular e bem calibrada’, afirma.