Desencarnar não é sinônimo de morrer

Dedico a conversa de hoje a todos os que perderam seu entes queridos durante a pandemia. Os laços de amor são imperecíveis e a vida numa outra dimensão deveria ser objeto de nosso interesse. A morte do corpo não é o ponto final.

CLIQUE PARA ASSISTIR