Papo das 9 #318 Em nome da “moral e dos bons costumes”

Um levantamento feito por Maurício Sérgio (na publicação medium.com) estima que as guerras religiosas teriam provocado 109.700.000 mortos ao longo da história. Somente as guerras “cristãs” somariam 11.400.000 óbitos. Hoje, mais que um banho de sangue, os extremistas religiosos tentam impor suas visões de mundo e de moral sem qualquer respeito à laicidade do Estado ou à democracia. Importante entender o espaço da moralidade na cultura, e refletir sobre qual seria o papel das religiões nesse processo.

CLIQUE PARA ASSISTIR