Papo das 9 #230 Não podemos controlar 100% de nada

O mito do controle absoluto é recorrente em regimes ditatoriais. Quando o governo federal anuncia o interesse em ter o controle de 100% das ONGs que atuam na Amazônia, revela algo parecido com o que vi na China quando estive lá em 2014. A ilusão de que seja possível calar a sociedade civil organizada. O governo só quer permitir o funcionamento das ONGs comprometidas com os “interesses nacionais”. E quem definiria o que seriam exatamente os “interesses nacionais”? O Brasil estaria muito pior sem a existência das ONGs. Elas são protegidas na maioria absoluta das democracias, no entendimento de que fortalecem a sociedade e a parte mal resolvida da administração pública. Viva as ONGs!

CLIQUE PARA ASSISTIR