‘O lobby das armas age na surdina e quer aterrissar no Rio de Janeiro’

André Trigueiro fala sobre a proposta que entra em pauta hoje na Câmara de Vereadores do Rio que trata da permissão e comercializar arma no município. Na semana passada, um projeto, nos mesmos termos, foi rejeitado. O argumento dos defensores da ideia é um suposto potencial para gerar emprego por parte dessa indústria. ‘Essa história que gera emprego e renda é para boi dormir’. Uma proposta que afronta a lei orgânica do município, que proíbe fabricação e comercialização de arma.