Dar transparência à aplicação de recursos e garantir saneamento são desafios da Cedae

André Trigueiro comenta a modelagem da concessão dos serviços da companhia para o setor privado, que foi apresentada na última sexta no BNDES após dois anos de estudos. O plano é fazer com que a água potável chegue a todas as residências dos 64 municípios atendidos pela empresa em 14 anos e ampliar o tratamento de esgoto para 90% do estado em no máximo 20 anos, já que hoje o saneamento só chega a 44% do território. Segundo o comentarista, a solução para esses problemas é um edital ‘bem calibrado’, sem onerar a população mais pobre, e fiscalização diária.