Brasil faz maior dragagem de material contaminado do mundo

O Cidades e Soluções acompanhou de perto a solução tecnológica encontrada para retirar e armazenar os sedimentos acumulados no fundo do canal da Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro. O objetivo é recolher e tratar os sedimentos acumulados no fundo do Canal, que margeia o campus da Universidade Federal do Rio de Janeiro e a Linha Vermelha, uma das principais portas de entrada da cidade.

Até o final de 2010, serão retirados 2,2 milhões de metros cúbicos de resíduos, volume equivalente a mais de dois estádios do Maracanã. Um quarto deste material está contaminado e é encaminhado para um moderno sistema de tratamento e isolamento. O projeto envolve alta tecnologia e parcerias, viabilizada por uma articulação política que beneficia a população e o ecossistema da região da Baía de Guanabara.

Saiba mais:

– Leia reportagem sobre vistoria nas obras de dragagem no site do Instituto Estadual do Ambiente, o Inea

ASSISTA AO VÍDEO