Bicicleta

Paris, Amsterdã, Londres, Oslo, Berlim, Barcelona, Bogotá e Pequim seguiram esse caminho.

No Brasil, faltam planejamento e políticas públicas eficientes que facilitem o uso da bicicleta para os deslocamentos urbanos. Em grandes cidades como São Paulo, a principal alternativa para fugir dos engarrafamentos é a motocicleta, que polui, no mínimo, seis vezes mais do que o automóvel.

Links

– Entre na página da ONG Transporte Ativo e conheça o que está sendo feito no país para incentivar o uso de bicicletas como meio de transporte e adequar políticas públicas que facilitem a vida do ciclista;

– Para saber mais sobre as experiências européias de incentivo ao uso de bicicletas, entre no site da ONG internacional I-CE – Interface for a Cycling Experience;

– Conheça o programa de aluguel de bicicletas públicas na cidade de Paris, o Vélib, em francês;

– Visite o site do programa de bicicletas públicas de Oslo, na Noruega;

– Entre no site da empresa Bike Express para conhecer a experiência do uso de ciclistas, em substituição aos moto boys, para os serviços de entrega;

– Aqui, você entra na página do serviço de aluguel de bicicletas em Berlim, na Alemanha.