Tempos de quarentena são tempos de pensar no coletivo

André Trigueiro analisa comportamento dos brasileiros diante das recomendações de isolamento: ‘Não se muda cultura por decreto ou medida provisória, mas o povo tem que estar ligado. Até aqui, nesse Enem ético que a gente está vivendo no Brasil, notas baixas para civilidade, cidadania, responsabilidade social, solidariedade. Notas altas para egoísmo, individualismo e indiferença’.

ASSISTA AO VÍDEO