Relatório mostra que somente 3% das barragens do país foram vistoriadas

O relatório da Agência Nacional de Águas mostra que mais de 40% das barragens são irregulares, ou seja, não têm nenhum tipo de autorização, outorga ou licença para funcionar.

CONFIRA NO VT DO JN: