Marielle Presente!

Onde estiver, Marielle certamente terá motivos para acreditar que suas escolhas foram as certas, que seus 38 anos de vida foram suficientes para deixar um legado luminoso, e que seus algozes – não obstante a crueldade e a covardia com que agiram – fracassaram no intuito de silenciá-la.

Todos os que tombaram nas lutas contra o racismo, o machismo, o sexismo, a desigualdade, a destruição do meio ambiente, entre outras causas justas e urgentes, fermentaram o aparecimento de novas lideranças ainda mais comprometidas e engajadas.

Os muitos jovens que estiveram hoje nas manifestações de rua – e que gritaram “Marielle presente!”- conhecem os riscos de se defender o que ela defendia. Sabem que ela morreu em função disso, mas não se intimidaram. Terão o sonos dos justos, ao contrário dos assassinos de Marielle.

No mais, vida que segue. Dos dois lados da existência.

André Trigueiro