Por Daniela Kussama | julho 31, 2017 8:44 pm

O Cidades e Soluções vai falar de uma fonte de energia polêmica, que já está no radar do Brasil. É a exploração do gás de folhelho (shale gas), também conhecido como gás de xisto. A repórter Klara Duccini foi até a Província de Neuquén, na Argentina, para mostrar como funciona o fraturamento hidráulico, também conhecido como fracking, que tanto preocupa os ambientalistas. Segundo eles, os produtos químicos, misturados com água e areia, bombeados para dentro da terra podem contaminar os lençóis freáticos. Vamos mostrar como produtores de frutas estão lidando com esse tipo de exploração feita ao lado da plantação. E a luta de uma comunidade indígena para recuperar a terra, que agora está sendo dividida com uma petroleira.

No Brasil, mais de 350 cidades já aprovaram leis municipais para proibir a exploração do gás de xisto, a maioria no Paraná. Em 2016, o estado foi o primeiro estado brasileiro a aprovar uma legislação que suspende por 10 anos a emissão de licenças para a exploração de “fracking” – Lei 18.947/2016.

Programa exibido em 7/12/2015

 

ASSISTA AO VÍDEO

ASSISTA AO VÍDEO NA ÍNTEGRA