Por Daniela Kussama | março 17, 2017 11:54 am

 

Acesse abaixo os links das reportagens exibidas no RJTV por André Trigueiro sobre a escandalosa situação da destinação final do lixo na Baixa Fluminense e outros problemas graves na gestão de resíduos sólidos urbanos no Estado do Rio de Janeiro.

 

1. Sobrevoamos pela manhã o lixão onde a Prefeitura de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, despeja ilegalmente os resíduos da cidade. Descrevemos em detalhes tudo o que havia de errado ali. À tarde, informada pela nossa reportagem, o Instituto Estadual do Ambiente determinou a interdição do vazadouro de lixo.

(Reportagem exibida em 13/03/2017)

RJTV flagra lixão em Belford Roxo

ASSISTA AO VÍDEO

 

2. É raro alguém denunciar abertamente a ação criminosa de milicianos. O empresário que administra o Aterro Sanitário de Belford Roxo, na Baixada Fluminense, fez isso hoje dando detalhes da violência que diz estar sofrendo. Ele acusou o Prefeito da cidade de recrutar milicianos armados para intimidar seus funcionários, depredar as instalações do aterro, abrir valas na estrada para impedir a chegada dos caminhões de lixo, entre outras denúncias graves. Ele guarda documentos e provas. Tudo isso foi ao ar no RJTV. Confira.

(Reportagem exibida em 14/03/2017)

Dono de aterro sanitário em Belford Roxo diz que prefeitura usa milicianos

ASSISTA AO VÍDEO

 

3. Uma história pra lá de suspeita…
Quando o assunto é lixo, “cada enxadada é uma minhoca”, como dizem os mineiros. Hoje exibimos no RJTV uma reportagem investigativa que revelou algumas irregularidades e muitas suspeitas sobre o projeto do novo aterro sanitário de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Confira!

(Reportagem exibida em 15/03/2017)

RJTV 2ª Edição Empresário diz que está sendo sabotado para favorecer aterro em Duque de Caxias

ASSISTA AO VÍDEO

 

4. Demos em primeira mão a dívida de R$ 18 milhões do Prefeito Marcelo Crivella com a empresa que opera o Aterro Sanitário de Seropédica. O aterro recebe quase 9 mil toneladas de lixo do município do Rio todo dia. Crivella culpa a administração anterior pelos problemas de caixa.

Enquanto isso, a nossa série de reportagens sobre os escândalos do lixo na Baixada Fluminense foi anexada ao processo de investigação aberto pelo Ministério Público. O ponto de partida dos investigadores é o flagrante de crime ambiental cometido pela Prefeitura de Belford Roxo que depositava os resíduos da cidade num vazadouro de lixo a céu aberto. Mas o MP deve investigar também as denúncias de corrupção, intimidação, depredação, envolvimento da Prefeitura com milicianos, etc.

(Reportagem exibida em 16/03/2017)

Após reportagem do RJTV, Ministério Público abre inquérito para investigar lixão

ASSISTA AO VÍDEO