Por Mundo Sustentável | agosto 12, 2016 12:39 pm

 

Pouco se falou na imprensa carioca (em meio à cobertura frenética da Olimpíada) sobre duas medidas simples que significam muito para quem preza a gestão sustentável dos recursos. Os esgotos de todos os navios de passageiros (inclusive transatlânticos), que antes eram lançados in natura no mar, agora passam a ser recolhidos no Porto do Rio pela CEDAE (Companhia Estadual de Águas e Esgotos) que leva o material para tratamento na Estação da Alegria, no Caju, a poucos quilômetros dali.

Outra novidade interessante é o convênio firmado pela Comlurb (Companhia Municipal de Limpeza Urbana) com a Prefeitura de Colônia (Alemanha) para inaugurar em solo carioca a primeira estação de compostagem destinada exclusivamente a transformar toneladas de resíduos de poda (folhas, galhos e troncos retirados todos os dias na cidade) em adubo orgânico. Antes esse material era levado para aterros, sem utilidade ou serventia.

Medidas simples. Legado sustentável.

 

André Trigueiro