Por Mundo Sustentável | agosto 1, 2016 6:11 pm

 

Por Débora Spitzcovsky

Fonte: The Greenest Post

 

Intoxicação alimentar, câncer, problemas neurológicos e até genéticos! O assunto não é brincadeira: segundo a ONU, os agrotóxicos contaminam três milhões de pessoas todos os anos e o Brasil já é o maior consumidor do mundo (!) desse tipo de veneno.

Mas em que lugares do país as pessoas estão mais expostas ao problema? Para responder a esta pergunta, um tanto quanto assustadora, a pesquisadora Larissa Bombardi, daUniversidade de São Paulo, traçou o Mapa da Contaminação por Agrotóxico no Brasil.

Os dados apresentados no trabalho são chocantes: cada brasileiro consome, em média, 5,2 litros de agrotóxico por ano, direta ou indiretamente. É como se bebêssemos 2,5 garrafas de refrigerante ou 14 latas de cerveja de veneno a cada 365 dias.

Assustador, não? Ainda segundo o estudo, aqueles que vivem no Paraná, em São Paulo e em Santa Catarina são, respectivamente, os mais expostos ao problema, que ainda está subestimado. De acordo com a pesquisadora, apenas sintomas ligados direta e imediatamente aos agrotóxicos entraram na conta. Caso expandíssemos a pesquisa para doenças crônicas, como o câncer, o cenário seria 50 vezes (!) pior.

Por sua utilidade pública, o trabalho realizado pela pesquisadora será compilado em livro. A obra Geografia sobre o Uso de Agrotóxicos no Brasil deve ser lançada em breve. Enquanto ela não sai do forno, confira abaixo três dos mapas que compõem o estudo. De fato, é para se preocupar: o veneno está bem em cima da nossa mesa!

 

01

 

02

 

03

 

Fotos: Divulgação/Embrapa

 

 

Postado por Daniela Kussama