Por Mundo Sustentável | abril 11, 2016 3:50 pm

 

Por Alexandre Mansur

Fonte: Época – Blog do Planeta

 

O mês de março de 2016 foi o mais quente no Brasil desde que os registros começaram, segundo dados do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). A média das estações monitoradas pelo instituto revelou o maior número de anomalias de temperaturas em relação aos outros marços. “As anomalias são desvios em relação às temperaturas consideradas médias, de 1981 a 2010”, diz o meteorologista Francisco de Assis Diniz, do Inmet. Esse tipo de medição em território nacional começou em 1961.

O mapa abaixo mostra onde o Brasil esteve mais quente em março de 2016. As médias de temperatura ficaram de 2 a 3 graus Celsius acima da média em partes de São Paulo, Pernambuco, Bahia, Piauí, Amazonas, Mato Grosso e Roraima. São os trechos em vermelho mais escuro. As áreas em azul mostram onde a temperatura ficou abaixo da média. Isso ocorreu no Rio Grande do Sul, partes do Paraná, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul.

Mapa com os desvios de temperatura média em março de 2016 (Foto: Inmet)

 

O primeiro trimestre do ano ficou ao todo bem quente em relação ao histórico. O período com os meses de janeiro, fevereiro e março de 2016 teve mais anomalias de temperatura acima da média do que 2015. Também parece ser o período mais quente desde 1961, empatado com 1998.

Duas cidades tiveram recordes absolutos de temperatura para os meses de março. Em Palmas, no dia 1o de março de 2016, foi registrada a temperatura de 39,6 graus, a maior no mês. E Cuiabá registrou 37,6 graus no dia 31 de março.

Segundo Assis Diniz, não dá para atribuir essa onda de calor apenas ao fenômeno cíclico El Niño, que aquece as águas do Pacífico e influencia no clima global. Para ele, os recordes recentes são consequência do aquecimento global. Isso faz parte de uma tendência maior. O gráfico abaixo mostra como as temperaturas médias do Brasil vem subindo nos últimos anos.

Temperatura média anual do Brasil (Foto: Inmet)

 

Postado por Daniela Kussama
.
.
.
.
.
.