Por Mundo Sustentável | novembro 12, 2006 6:16 pm

Historicamente, a produção de alimentos sempre foi forte nas áreas rurais, restando aos centros urbanos o papel de grandes consumidores de produtos agrícolas.

Mas nas duas maiores cidades do Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro, é cada vez maior o número de hortas orgânicas que se multiplicam em comunidades de baixa renda.

O cultivo de hortaliças e ervas medicinais estimula o consumo consciente, o reaproveitamento de resíduos orgânicos e a recuperação de áreas degradadas das cidades. Uma solução inteligente, que gera emprego e renda e estimula a alimentação mais saudável, livre de adubos químicos ou agrotóxicos.

Links:

– Conheça o projeto Rio Hortas, desenvolvido pela Fundação Parques e Jardins, da Prefeitura do Rio de Janeiro.

– Conheça o Programa de Agricultura Urbana e Periurbana, desenvolvido pela Secretaria do Verde e do Meio Ambiente, da Prefeitura de São Paulo.